Conheça o RS: trilha Costa Doce

As montanhas do interior do estado gaúcho convocam os aventureiros e amantes da natureza. A trilha Costa Doce, no município de Sertão Santana, a 80 km de Porto Alegre, é o destino para quem quer aproveitar a paisagem sem precisar viajar por longas horas ou gastar muito.

Clicado por: Grazix

Clicado por: Grazix

A praça central da cidade é o ponto de encontro para a trilha ecológica. As lanchonetes locais contam com uma opção saudável de lanchinho pré-trilha: água, barra de cereal e frutas da estação. Manter o pique é essencial: altos morros, mata nativa e grandes pedras desafiam a resistência física. Por isso, também é indispensável seguir o alongamento orientado pelo guia.

Clicado por: Cabanha

Clicado por: Cabanha

Chegando lá, há um curto caminho de barro e um gigantesco tronco caído. Essa intervenção natural é a porta de entrada para a mata – e a de saída para o estresse! Só se escuta o barulho dos visitantes passando entre as fendas das rochas e pelos cipós. Fica a dica: se pendure nos cipós para manter o equilíbrio quando o cansaço bater.

Encontrar uma estadia de qualidade na região também é simples. Desde 2008, o número de turistas por ano aumentou de 100 para 600, e a cidade vem se preparando super bem para receber novas visitas. Atualmente, são 65 meios de se hospedar no local e várias agências turísticas disponíveis.

Clicado por: Scho¦ênhofen

Clicado por: Scho¦ênhofen

As cinco trilhas do município de Sertão Santana são um verdadeiro patrimônio natural. Elas ficam localizadas dentro de lotes particulares, e os proprietários cobram em torno de R$ 10 por pessoa. O preço baixo acaba sendo um investimento no seu bem estar. Em meio à natureza, se percebe a imensidão do mundo e, por um instante, nossos problemas parecem desaparecer.

Clicado por: Inema

Clicado por: Inema

Caminhe, observe, entre em sintonia com a natureza e mantenha a hidratação durante todo o percurso: buscar uma vida equilibrada e curtir a beleza natural pertinho da gente não tem preço! ;)

Não há comentários

Deixe seu Comentário

Seu email não será publicado e os campos obrigatóriso estão marcados.



*

Current ye@r *