Em 2015 eu vou… me alimentar melhor!

Clicado por: Blog With Wind

Clicado por: Blog With Wind

Emagrecer ou simplesmente adotar uma alimentação melhor costumam ser itens obrigatórios em qualquer lista de resoluções de ano-novo. Tornar-se mais saudável é mesmo um belo objetivo, mas nada acontece de um dia para o outro: um novo estilo de vida requer novos hábitos.

Você já tentou todos os clichês e nada funcionou? Não desanime!

Temos 10 dicas inusitadas para você chegar lá numa boa:

1. Busque prazer à mesa

Ficar neurótico com dietas e contagem de calorias é receita para a frustração. Elabore pratos leves e saborosos. Eventualmente, dá até pra incluir algum ingrediente que você ama, mas que tem uma fama horrível. Ama bacon? Incluir alguns pedacinhos na salada de rúcula para aquele almoço de domingo não precisa arruinar a dieta. Permita-se: dá pra compensar pequenos deslizes nas refeições seguintes ou em uma caminhada de meia hora pelo bairro.

Clicado por: Blog Niall Kennedy

Clicado por: Blog Niall Kennedy

2. Evite industrializados

Tudo que é feito em casa e com alimentos naturais é melhor. A versão caseira da massa da pizza, do molho de tomate e do suco de laranja dispensa corantes e conservantes, que contêm sódio. Sua pressão arterial agradece!

3. Faça substituições

Aposte na versão mais saudável dos alimentos. Troque o queijo mozarela pela ricota, o presunto pelo peito de peru, a batata frita pelo purê de batatas, o cereal de milho açucarado pela granola… Descubra o lado B do seu prato favorito!

4. Respeite a hora da refeição

Comer é um ato fundamental. Por isso, requer um ambiente calmo, em que você possa saborear tranquilamente tudo o que tem no prato – comer de forma consciente ainda ajuda a evitar excessos. Jamais almoce em frente à TV ou ao computador.

Clicado por: Stick Yii

Clicado por: Stick Yii

5. Coma de tudo

Se você não é diabético ou celíaco, por exemplo, não restrinja o consumo de um ou outro grupo alimentar. Cortar totalmente a gordura ou o carboidrato pode trazer problemas no futuro. Para garantir um prato nutritivo, a regra é simples: deixe-o bem colorido, com muitos vegetais, um ou dois tipos de grãos ou cereais e uma porção de ovo ou carne magra, como peixe ou peito de frango.

6. Organize o cardápio da semana

Essa dica faz dupla com a anterior. Isso porque, por mais colorido que seu prato seja, não dá pra assegurar a ingestão de todos os nutrientes essenciais e nas quantidades ideais em cada porção. Logo, distribua as refeições ao longo da semana pensando na qualidade nutricional de cada uma delas. Que tal montar um cardápio aproximado e colar na geladeira?

7. Faça um diário de dieta

Escreva tudo o que, quanto, quando e onde come. Alguns dias fazendo isso e você logo percebe onde está o erro – ou a porta de entrada para se afundar naquela torta de chocolate. Uma dica bacana é baixar o aplicativo Fat Secret, que traz várias informações sobre os alimentos e permite montar a relação de tudo o que você comeu no dia.

Clicado por: Enok Son

Clicado por: Enok Son

8. Leia o rótulo

Vá além das calorias. Habitue-se a acompanhar as quantidades de carboidrato, gordura, proteína, fibra e sódio nos produtos. Também vale dar uma lida nos ingredientes (eles estão descritos na ordem do mais ao menos abundante) e relacioná-los às quantidade dos nutrientes informados. Alguma barrinhas de cereais, mesmo que não tão calóricas, podem conter mais açúcar que fibras.

9. Regule a farinha branca e o açúcar refinado

Não precisa militar contra as guloseimas, mas faça o teste: diminua drasticamente o consumo de farinha branca e açúcar refinado por alguns dias. Com isso, você vai deixar de comer biscoitos, salgadinhos e congelados pré-prontos, e vai sentir o resultado tanto na cintura como na disposição.

10. Hidrate-se

Vivemos dizendo isso aqui, mas nem todo mundo lembra ou sabe que a quantidade adequada de água pode ser definitiva para o sucesso da dieta. Cerca de 2 litros de água por dia garantem o transporte adequado dos nutrientes pelo corpo, evitam o inchaço e melhoram a digestão.

Clicado por: Lu Oliveira

Clicado por: Lu Oliveira

Não há comentários

Comments Closed