Horta caseira: bem estar para corpo e alma

Precisando relaxar? A jardinagem pode ser uma boa. Acessível e sustentável, ela funciona como uma terapia eficaz: mexer com a terra faz nossa mente voar, além de nos fazer criar laços com o que estamos cultivando. Quer coisa melhor que colher a cebolinha que você mesmo plantou um tempo atrás?

Clicado por: Rapha Novelli

Clicado por: Rapha Novelli

Veja nosso passo a passo para criar uma horta caseira! Além de ser uma bela terapia, cultivar as plantinhas te permite ter temperos e chás sempre à mão. ;)

1) Escolha um lugar plano ou levemente inclinado. É importante que esse lugar receba luz solar em abundância – varandas e sacadas são ideais.

2) Prepare o solo do canteiro com terra vegetal, areia e adubo ou esterco. A profundidade deve ser de no mínimo 30 cm – para que haja um bom enraizamento das plantas.

3) Escolha as espécies. Anote a lista dos vegetais que se adaptam a lugares pequenos: agrião, alface, almeirão, beterraba, capim-limão, cebolinha, cenoura, coentro, endro, estragão, manjericão, manjerona, orégano, rabanete, rúcula, salsinha e tomilho.

4) Colocar a semente direto no solo pode retardar o crescimento da planta. A melhor opção é fazer mudas e, depois, plantá-las a 1cm de profundidade.

Clicado por: Meudiad

Clicado por: Meudiad

5) Vai um chazinho aí? Camomila, erva-cidreira, carqueja e hortelã podem ser cultivados em cantinhos pequenos.

6) É possível também colocar até duas espécies em um mesmo vaso, desde que suas características sejam parecidas. Manjericão e coentro podem ficar juntos em um vaso grande, separados por uma distância de 30 cm.

7) Regue as plantas duas vezes por dia no verão e uma vez ao dia no inverno.

8) Se as plantas derem os primeiros sinais de que estão morrendo, recomece a plantação.

Aqueça uma xícara de Água da Pedra e tome aquele chá gostoso feito por você – de verdade!

Clicado por: Ben Matthews

Clicado por: Ben Matthews

Fonte: IG/Delas

Não há comentários

Comments Closed