Os riscos da desidratação

A sede é o sintoma básico da desidratação. Ela indica que já estamos hipohidratados. Por isso, não podemos esperar a sede bater para beber água. Torne o consumo de água um hábito, ou sua saúde estará em risco.

Depois da sede, o próximo sinal da desidratação é a ocorrência de náuseas. A longo prazo, a desidratação causa a sensação de cansaço frequente. Feridas na boca podem aparecer, junto a inflamações na garganta. Em casos super extremos, a falta de água pode até levar à morte.

23 - 02 Tadst

Outro sintoma comum é a perda da vivacidade da pele. Ou seja, não beber a quantia apropriada de água pode deixar sua pele opaca e ressecada. Mas para ter uma pele saudável só beber água não é suficiente. Um estudo publicado no Journal of the American Society of Nephrology, afirma que a água ingerida é distribuída para todo o corpo. Somente uma parte é direcionada para a pele. Para a sua pele brilhar, aposte também em uma alimentação saudável e atividades físicas regularmente.

23 - 04 Meghan Casserly

E os sintomas não são apenas físicos. O Laboratório de Performance Humana da Universidade de Connecticut mostrou que a desidratação altera (e muito!) o humor. Os testes mostraram que, independente da atividade física, pessoas desidratadas podem ter prejuízos na energia e até na habilidade de pensar com clareza.

Lembre-se sempre: a Água da Pedra mantém sua saúde em dia. ;)

Fonte: UConn Today

Não há comentários

Deixe seu Comentário

Seu email não será publicado e os campos obrigatóriso estão marcados.



*

Current ye@r *